Doces Palavras: Robson Gomes vulgo Robsongs

Doces Palavras: Robson Gomes vulgo Robsongs

Doces Palavras: Marina Silva e Jedias Hertz a dupla do momento
Edmar Silva

 

Edmar Silva escreve a coluna Doces Palavras todas as quartas-feiras e é autor do blog Ficha Técnica

Robson Gomes foi o primeiro guitarrista que vi tocando em cima de um palco, e se não me falha a memória, esse acontecimento foi por volta de 1995, em um festival que aconteceu no centro cultural do bairro onde morávamos.

Eu tinha 13 anos e tinha fugido da escola para ver esse show, coisa que não me arrependendo, porque mudou a minha vida para sempre.

Ao chegar no local a banda The Concept (da qual o Robson era o guitarrista) estava subindo ao palco e tudo aquilo era mágico e novo para mim, era bem diferente de estar ouvindo o álbum Made in Europa do Deep Purple, um álbum ao vivo, que minha tia tinha me dado de presente naquela mesma época.

Logo nos primeiros acordes eu fui abduzido para um lugar que não até hoje estou preso, e o som e a imagem do Robson não saiam da minha mente.

De lá para cá rolou muita coisa o Robson fez um ótimo trabalho com o The Concept, The Hollies, Minha Vida Nunca Foi Um Picnique, e atualmente com a banda de reggae Damata, e com o seu projeto solo Robsongs, que conta com vários singles lançados e alguns eps.

Robson é um batalhador da música e da arte, um exímio guitarrista, compositor, cantor, arranjador etc. O interessante do trabalho dele é o estudo de timbres e arranjos para a guitarra que ele propõe, saindo daquele óbvio esquema que grande maioria dos músicos de rock oferece, é um trabalho diferenciado, estudado, o que na minha opinião chegou ao seu próprio estilo, o que é bem difícil na música, poucos músicos consegue imprimir uma marca própria, daquelas que você ouve um acorde já sabe de quem é.

No último álbum lançado por ele, o mágico “Reinventing The Wheel”, de 2020, se nota essa marca e a evolução musical, porque se compararmos ao ep anterior, “Em Algum Lugar do Tempo”, de 2019, tem uma certa diferença de timbres e colorações sonoras.

E é isso que torna certos artistas interessantes, porque a cada álbum é um novo desafio, e que foge da mesmice e da repetição de fórmulas o que acaba saturando certos trabalhos. Por isso hoje eu recomendo um mergulho no mar Robson Gomes, conhecendo os trabalhos dele desde a década de 90 até agora e ver que esse místico guitarrista vai além do simplesmente tocar guitarra.

Canal do artista
https://youtu.be/h6ihuUx8PPA

 


Expedição CoMMúsica

Deseja seguir a Expedição?

1 thought on “Doces Palavras: Robson Gomes vulgo Robsongs

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright © 2021 Política de privacidade | Audioman Pro by Catch Themes

Deseja receber as atualizações?

%d blogueiros gostam disto: