Renato Pinheiro em duas interpretações solo no violoncelo

Renato Pinheiro em duas interpretações solo no violoncelo

Antes de ouvir Renato e suas interpretações desse instrumento, o violoncelo, conheça um pouco da história, contada por ele mesmo:

 

Sobre o violoncelo

Renato Pinheiro em duas interpretações solo no violoncelo
Violoncelo

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais destaca o violoncelo dentre os instrumentos capazes de expressar forte apelo emocional por alcançar a maior parte das vozes masculinas e boa parte das femininas e, por essa razão, é tido como o instrumento musical que mais se aproxima da voz humana.

No site da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, você também poderá ouvirJ. S. BACH | Suíte para violoncelo nº 1 (II. Allemande). Confira aqui.

 

Arcos de violoncelo
Arcos de violoncelo

Ainda “O violoncelo – ou cello – surgiu na Itália no início do século XVI, resultado de uma evolução de antigos instrumentos de corda como a viola da gamba. No século seguinte, passou a acompanhar composições do período Barroco (1600 a 1750), mas suas reais possibilidades como instrumento solista, com obras criadas especificamente para ele, surgem a partir do século XVIII.

Seu maior destaque ocorre no século XX, sobretudo a partir do trabalho de virtuoses como o espanhol Pablo Casals que, além de revigorarem obras antigas (como as seis Suítes de Bach), estrearam diversas peças novas, expandindo a técnica do instrumento.” (Informações e texto de Orquestra Filarmônica de Minas Gerais).

Acompanhe as duas interpretações de Renato Pinheiro, em violoncelo solo.

A primeira é um trecho de Baião e tem uma característica bastante interessante: o uso de escalas modais que eram bastante comuns até o Renascimento. A prática do violoncelo neste gênero acaba por expor a versatilidade do instrumento referente a músicas populares folclóricas Brasileiras.

 

A segunda é uma canção Folclórica Inglesa do séc. XVIII em ritmo tecno, com violoncelo solo:

 

Siga Renato Pinheiro em suas redes sociais e aqui, na Expedição CoMMúsica.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: