Seguindo o fuzz com Os Estilhaços

Seguindo o fuzz com Os Estilhaços

Sendo a zona leste de São Paulo local de origem de uma cena garageira que nunca perdeu fôlego, Os Estilhaços não poderiam ter se formado em outro cenário. Diretamente influenciados pela psicodelia dos anos 60 e bebendo na fonte de grupos de garage punk da época (The Seeds, Count Five, Electric Prunes, Music Machine), a banda mostra composições próprias e covers, já tendo tocado em lugares como a Trackers (famoso reduto alternativo no centro da capital paulistana), 74Club, Simplão de Tudo, Associação Cultural Cecília e festivais como o Dia da Música, Garageira, Grito Rock, que acontece anualmente, em mais de duzentas cidades, em diversos países.

Os Estilhaços

Caio Sérgio (ex-Haxixins [vocal/guitarra]) e Felipe Caponne [guitarra] se uniram aos amigos de longa data Paulo Nobre e Alexandre Xéu (ex-Panoramas [baixo/bateria respectivamente]) e convidaram Cristina Alves [órgão] para completar o time.

Atualmente estão com o repertório consolidado e nos próximos meses gravarão as faixas do primeiro álbum, que só poderia alcançar a desejada sonoridade sessentista com o equipamento analógico e o toque dos amigos e produtores Jonas Morbach (The Blackneedles/Berlin Estúdio) e Luis Tissot (Caffeine Sound Estúdio). Após algum tempo de estrada e com a saída de Felipe e de Caio, seguem como quarteto, agora com Rodrigo Bob assumindo o fuzz, sem perderem sua essência sonora. 

O som d’Os Estilhaços demonstra fielmente a obscuridade da cena garage. Nas apresentações ao vivo, o público acaba se sentindo nos próprios anos 60, em meio àquela atmosfera primitiva em que cada instrumento contribui com a viagem coletiva, sempre repleta de muito fuzz das guitarras, a levada marcada da bateria e do baixo, completando com o órgão que flui derretido por cada uma das músicas. Vale abrir mão da consciência por alguns momentos e se deixar levar pela viagem ácida d’Os Estilhaços. 


Expedição CoMMúsica

1 thought on “Seguindo o fuzz com Os Estilhaços

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright © 2021 Política de privacidade | Audioman Pro by Catch Themes
Scroll Up
%d blogueiros gostam disto: