Estação Black • Geração Rap: ícones do hip hop

Estação Black • Geração Rap: ícones do hip hop

Por Marcelo Kurts

O grupo Geração Rap surgiu em São Paulo influenciado pela Break Dance que assolava a capital nos anos 80. Formado inicialmente por Marcio (MC Fish) e Gilson (Big Flea) começaram fazendo rimas satirizando os colegas e com o tempo o profissionalismo chegou por meio de gravações de fitas cassetes, as famosas demos, uma canção denominada Geração Rap foi o start para que o grupo se projetasse no universo da cultura Hip Hop de São Paulo.

O Rap estava dominando a cena musical da época e equipes de som e algumas rádios davam oportunidade para que MCs cantassem suas canções.

Estação Black • Geração Rap: ícones do hip hop

O grupo Geração Rap estava ganhando projeção na cena musical, onde participava de muitos bailes fazendo suas rimas, além de participarem de concursos e festivais de Rap. E nessa mesma época, no ano de 1989, a equipe Kaskatas os convidaram para participarem de uma coletânea musical. Gravaram sob produção musical, da lenda DJ Cuca, o hit Cuidado (minha favorita), considerado um dos principais Raps do Brasil.

Em 1990, Big Flea se converteu ao protestantismo e decidiu por sua carreira solo chegando a participar de uma coletânea da equipe Galotte com o renomado MC Jack. Gravou duas faixas, Outra vítima e Rei do microfone. Ainda em 1990, entra para o grupo Geração Rap MC Eddie e novamente o grupo participou de outra coletânea da equipe Kaskatas denominada Rap Ataca em 1991 com a música Armas, DJ Xis também entrou para o grupo formando um terceto até 92 quando decidiu sair e dar espaço para a entrada de DJ Alpiste.

O Geração Rap assinou contrato com a gravadora TNT Records e gravaram o albúm O futuro está em suas mãos, tendo destaque as canções Armas (regravada) e Pirulito que tocou bastante em rádios que tinha programa de Rap e nos bailes Blacks promovidos pelas equipes de som.  Se tornaram então um dos principais grupos de Rap do Brasil.

No ano de 1994, DJ Alpiste também se converteu ao Cristianismo Protestante e saiu do grupo para mais tarde lançar carreira no Gospel Rap, deu espaço para a entrada de DJ Izzy e nesse mesmo ano saiu o segundo albúm denominado O show deve continuar com vários sons dançantes influenciados pelo Funk dos anos 80.

O grupo fez uma longa pausa após o lançamento desse disco, enquanto que o ex vocalista Big Flea participou, com a canção Revolução da paz, de uma coletânea denominada Gospel Rap Colection com o grupo Revolução, enquanto que Fish fora convidado pelo DJ Hum para cantar o Rap Funkeado Planeta Funk com um refrão que lembrava as clássicas canções da banda Zapp na coletânea O poder da transformação, nesse mesmo projeto gravou o Rap Bonito e outras canções em demais coletâneas e participações com grupos renomados.

No ano de 2012, Big Flea participou da coletânea Hip Hop All Star volume I com a música São Bento, ao se juntar a MC Eddie participou do volume 2 dessa coletânea agora com a canção Na magia do som. Parceria essa que influenciou a volta do grupo Geração Rap, vindo a lançar em 2018 um EP com boas canções e vídeo clipes que contava com grandes participações especiais, porém sem a presença de MC Fish que adotou o apelido de Grand Master Fish que junto a DJ Alpiste formaram o The Factory e também lançara um albúm que falarei em breve.

Desse EP do Geração Rap eu destaco as faixas Reedificar e Ana Bia (que pude acompanhar parte da gravação na cidade de São Matheus). Essa canção tem participação da cantora Débora Crespo que já tocou comigo no projeto Duque R. & Funk Brown.

O grupo Geração Rap continua na ativa, Big agora é professor de História e continua gravando Rap sob a temática cristã, MC Eddie continua também com sua potente voz. Recentemente lançaram o single Malandrotário cujo vídeo clipe pode ser visto no YouTube.

Mesmo Fish não estando no grupo mantém a amizade com Flea e Eddie mostrando e provando que A PAZ SEMPRE ESTARÁ COM A GERAÇÃO RAP.

Assista e siga o canal do Geração Rap:


Expedição CoMMúsica

 

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Scroll Up
%d blogueiros gostam disto: