“A Origem” • Lalo Oliveira questiona as diversas versões sobre a origem da vida

“A Origem” • Lalo Oliveira questiona as diversas versões sobre a origem da vida

Em seu último lançamento “A Origem”, Lalo Oliveira questiona as diversas versões sobre a origem da vida.

Natural de Florianópolis-SC, Lalo Oliveira, hoje com 39 anos, começou a tocar guitarra aos 16 anos e logo passou a integrar bandas de punk rock e hardcore da cidade.

Ao compor a música “A Origem”, Lalo refletiu sobre as possibilidades de origem da vida no universo.

Questionamentos como “a vida na Terra surgiu na Terra?” e “o surgimento da vida teve um ponto inicial na história universal ou surgiu e desapareceu, pipocando no cosmos, por milhões de vezes até que, enfim, deu certo?”, foram base para madrugadas de reflexão nas quais Lalo buscou compreender os diversos conhecimentos sobre a origem da vida, sem julgar nem menosprezar o valor de nenhum desses conhecimentos.

Nesse contexto, “A Origem” surge para colocar em discussão sobre o que nos torna humanos. Bota em questão nossa auto-importância no universo onde, sob uma perspectiva cósmica, somos apenas poeira das estrelas concentrada em um ponto chamado “ser humano” que, na escala temporal cósmica, tem uma importância irrelevante no caminho do universo. E isso é o que há de mais lindo em tudo.

Site oficial – www.beacons.ai/laloliveira82

Spotify 

Deezer

PalcoMP3

YouTube

Instagram – @laloliveira82

"A Origem" • Lalo Oliveira questiona as diversas versões sobre a origem da vida
“A Origem” • Lalo Oliveira questiona as diversas versões sobre a origem da vida

Portfólio do Lalo Oliveira na Expedição CoMMúsica aqui


O Lalo Oliveira é integrante da Expedição CoMMúsica, produz e apresenta o programa Juke Rocks, também retransmitido pela Rádio Expedição CoMMúsica.

A Expedição CoMMúsica reúne músicos e artistas independentes, conectando estratégias de autogestão e apoio mútuo pelo conhecimento compartilhado. A inscrição é feita no site e cada músico ou artista recebe uma página de portfólio que pode (e deve) ser atualizada.

Texto do Faça Você Mesmo. Autopublique-se.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: