Cavando Ideias • Feliz Ano Novo

Cavando Ideias • Feliz Ano Novo

Feliz Ano Novo

Imagino que muitas pessoas escolhidas em dúvida se 2022 será mesmo um ano feliz. Afinal, quantos não morreram de COVID-19 e ainda temos o risco de uma nova série que já compromete Nosso Reveillon e Nosso Carnaval. Como ficam como pessoas que vivem com dificuldades, só poupando para um momento de festa quando vão para a avenida? Fico triste por todos vocês, mesmo que eu prefira a recolhimento às multidões.

Confesso que esta pandemia só me ensinou como somos sociáveis ​​e quanta falta me faz o encontro social com os colegas e amigos. Como estar no meio das pessoas agradáveis ​​me torna feliz. Com certeza todos os seres humanos sentem o mesmo. O homem nasceu para viver em grupo. Ou ainda, citando um grupo espiritualista: SOMOS TODOS UM!

Neste sentido, a primeira necessidade de todos é sentir empatia por cada ser humano. Não faltam os que passam e comida, de atenção, de educação, de amizade, de amor. É muito triste passar por problemas e estar sozinho, sem ter com quem contar. Hoje estou com frases feitas: EMPATIA GERA EMPATIA. Este é o slogan sábio de uma camiseta.

Cada um de nós é diferente do outro, em vários aspectos: na sexualidade, na escala de valores, nas metas de vida, nas realizações, nas dores e nas esperanças, só para citar algumas. O que nos une é justamente o direito de sermos diferentes. E somos. Mas também somos iguais na necessidade de justiça, de alimento, de casa, de roupa, de comida e realização de sonhos.

No final de um ano, por mais difícil que ele tenha sido (olha que agora temos vacina e esperança!), Sempre fazemos planos para o ano seguinte. Eu me sinto privilegiada porque tomei a terceira dose, uma vez que sou insulino-dependente e já tomei a coronavac há mais de seis meses, na realidade em março e maio.

Bom, continuo acreditando na ciência e nos cientistas. Também acredito que apesar dos governantes, sempre pode surgir alguém mais humano e mais preocupado com a população como um todo. Sempre pode surgir um próximo presidente capaz de realmente auxiliar uma população, com todos os problemas e dificuldades. Mesmo que nosso país, nossa economia, nossas estatais, nossas riquezas nacionais, foram tão comprometidas, desacreditadas, desvalorizadas. Ainda somos todos os donos desta terra, porque nascemos e vivemos nela. Portanto, de nada vale como grandes multinacionais. Os grandes empreendimentos que só se preocupam em lucrar e comprometer a espécie.

Precisamos de fato, assumir nossa responsabilidade e não sermos coniventes com as decisões mal feitas. Eu tivo um professor de filosofia que dizia que uma panela com muita pressão pode explodir e acabar com uma panela. Imaginemos que a panela é o governo ou são aqueles comprometidos com a destruição de nossa terra. Se nós nos unirmos, ninguém pode contra nós.

Acreditemos sempre e unamo-nos apesar de todas as nossas diferenças por aquilo necessário a todos nós: a saúde do nosso planeta e a nossa espécie. Vamos exigir uma reforma agrária justa. terras indígenas remarcadas e respeitadas. O final do desmatamento da Amazônia. Comida, roupa e casa para todos. Emprego para todos. E a possibilidade de realizarmos nossos sonhos.

Não há necessidade de existirem miseráveis para outros terem lucro ou chance de fazerem bons negócios. O planeta é uma mãe, que nos acolhe e nos alimenta. Lutemos pela oportunidade de todos realizarem seus sonhos, há espaço para isso. Basta realmente enfatizarmos a empatia.

Eu realmente penso e acredito em tudo isso. Também sei que desejar e lutar para realizar o bom e o justo nos dá força para construirmos um mundo mais feliz.

Sejamos todos felizes em 2022! : 😛

Cavando Ideias • Feliz Ano Novo • texto de Silvia Ferreira Lima

Cavando Ideias • Feliz Ano Novo
Cavando Ideias • Feliz Ano Novo

 


Manifesto da Expedição CoMMúsica

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: