Cavando Ideias em Dobras de Si

Cavando Ideias em Dobras de Si

Por Silvia Ferreira Lima

Cavando Ideias em Dobras de Si – Dobras de Si é um curso, ou talvez, como nós pensamos em considerar uma residência artística coordenada por Ana Francotti, designer de livros, que possui larga experiência com técnicas de impressão e desenho autoral, e Estela Vilela, encadernadora e artista premiada no exterior, com estágio no Japão sobre encadernação.

Ambas mulheres sensíveis e orientadoras maravilhosas na composição de livros de artista, que desde o início da pandemia em 2020 passaram a oferecer turmas de produção de livros de artista. Participei da terceira turma, que recentemente expôs no espaço Lovely House em São Paulo, no segundo andar da Galeria Ouro Fino, na Rua Augusta.

Participantes, integrantes e responsáveis pela exposição e conclusão da terceira turma do Dobras de si, atrás da mesa onde foram expostos os livros de artista

Dia 25, aniversário de São Paulo, foi a primeira vez em que o grupo de alunos de várias regiões do Brasil: Regis de Fortaleza, Mazé, Télio e Diego de Brasília, Adriene de Minas Gerais, Gilma do Rio de Janeiro, mas residente do Sul, Leandro de São Paulo, e eu residente em Campinas-SP. O curso começou em agosto com aulas e encontros virtuais.

Aprendemos algumas técnicas de produção de livros de artista, como: Frankling Fold, Fishbone Fold, monotipia e livro dobradura. Todas ensinadas pela Estela por meio virtual com encontros on-line para discutirmos nossas ideias e produzirmos nossos livros.

Além disso, recebemos orientações teóricas e históricas sobre o livro de artista. Tivemos palestras de Paulo Silveira, Amir Cador Brito, Letícia Lampert, Rony Maltz, entre outros. Artistas e teóricos que não apenas palestraram mas também fizeram comentários sobre os livros que íamos produzindo.

Mesa onde todos os trabalhos estavam expostos na Lovely House

De princípio, a turma foi composta por fotógrafos, educadores e gravadores, entre outros. Era, portanto, bem variada, porém a troca de ideias foi muito positiva, assim como o apoio que conseguimos encontrar uns nos outros. Ao final, todos se encontraram no dia 25, quando puderam expor seus trabalhos e deixá-los em exposição até fevereiro, assim como ficaram em consignação com o Fujoka, um dos donos do espaço. Todos incentivadores e animados na construção de um ambiente criativo e fecundo para a exposição e valorização de nossos  trabalhos.

Concluo, agradecendo a participação e o envolvimento de todos, assim como sugerindo que outras pessoas também se inscrevam para participar da quarta turma do Dobras de si , que já se encontra aberta. Quem desejar mais informações pode procurar o @dobrasdesi no Instagram e enviar e-mails para o endereço: contato@dobrasdesi.com.br

Acrescento que a partir de agora o grupo adicionado a outros artistas participantes de edições anteriores encontra-se uma vez por mês. E menciono a revista digital produzida pela turma anterior do Dobras, chamada de GUAPA. Além disso, sugiro que assistam às gravações das Lives com apresentação de todos os trabalhos no Youtube no canal do Dobras de Si.

Visitem o Instagram, o Youtube e o site do Dobras para conhecer melhor as propostas e realizações organizadas pela Ana Francotti e Estela Vilela.


Texto anterior de Silvia Ferreira Lima

A coluna Cavando Ideias é encerrada nesta edição e agradecemos à Silvia Ferreira Lima por todo o empenho, mesmo em situações particulares tão difíceis, e desejamos que seu percurso de artista seja ainda mais enriquecedor e fortalecedor para todos nós. Nossa gratidão!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: