Electric Sessions apresenta She is Dead

Electric Sessions apresenta She is Dead

A banda She is Dead participa do episódio do programa Electric Sessions, com o punk rock ‘Living in my Hate’.

Por: Elizabeth Del Nero          Fonte: Assessoria de Comunicação

São Paulo, 31 de maio de 2022 – A Electric Funeral Records apresenta a banda She is Dead no novo projeto de live sessions do selo.  Electric Sessions visa mostrar os lançamentos do selo EFR  em formato ao vivo, trazendo o melhor da música independente. Um dos novos representantes do punk/garage rock nacional, a banda She is Dead apresenta a faixa  “Living in my hate”.
She is dead lançou seu primeiro full album intitulado “Story of lies” (2021) em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records. A banda curitibana formada por Ricky Volpato (bateria), Mau Carlakoski (vocais e guitarra) e Kim Tonieto (baixo e vocais), traz em suas composições a sonoridade do punk e do dirty rock em seu primeiro trabalho, buscando referências em variantes do punk rock, hardcore e rock alternativo, trazendo influências de bandas como Dead Kennedys e Melvins.
She is Dead
“Story of lies” tem como tema principal as perdas e desilusões do cotidiano. A temática do disco está bem presente nas letras das canções , em trechos como “and you can trust in me / but forget our dreams “ da música “forget our dreams ou “ I wanna kill the monster/ I wanna kill the past” da música de trabalho do disco, “Living in my hate”.
As faixas buscam trazer uma proposta de sentimento perdido, de buscas e expectativas por muitas vezes não alcançadas, de sonhos e planos deixados para trás, tratadas com ironia e uma camada de humor ácido.
O disco foi produzido por Luiz Orta e gravado no Estúdio Caverão em Curitiba. A arte da capa foi produzida pela designer Sofia Carlakoski e mostra uma família dos anos 70 em um passeio ao cemitério da cidade.
“Living in my hate”:

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: