Crucifixion BR e o álbum ‘Human Decay’

Crucifixion BR e o álbum ‘Human Decay’

Crucifixion BR e o álbum ‘Human Decay’

Crucifixion BR e o álbum 'Human Decay'
Arte de Romulo Dias (Shaman, Edu Falaschi, Alírio Netto).

A biografia de uma banda é muito significativa em um movimento cultural como o heavy metal que conserva fortes vínculos com suas tradições.

Mas quando se associa uma biografia convincente a talento musical e relevância criativa, significa que estamos diante de uma banda referencial, protagonista da cena. Esse é o caso do Crucifixion BR.

Pioneiros do blackened death metal, o Crucifixion BR está completando 25 anos de carreira em 2021!

Originalmente formada em 1996 na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, o Crucifixion BR transferiu-se para a capital Porto Alegre até se radicar em São Paulo a partir de 2016. Transições localizacionais para a manutenção de um objetivo único: fazer sua música chegar para cada vez mais headbangers!

Depois de anos de turnês nacionais, shows importantes ao lado de grandes nomes do metal mundial como Dark Funeral, Gama Bomb, Krisiun, etc, uma turnê europeia que passou por cinco países, chegou o momento do Crucifixion BR apresentar seu trabalho definitivo: “Human Decay”!

Sucessor do aplaudido “Destroying The Fucking Disciples Of Christ” (2014), “Human Decay” é o segundo álbum do Crucifixion BR e assim como o debute foi gravado em janeiro de 2020 no Estúdio Hurricane em Porto Alegre com produção do vocalista/guitarrista Maxx Guterres e do produtor/guitarrista uruguaio Sebastian Carsin. O álbum foi postergado para lançamento no dia 31 de outubro de 2021 devido à pandemia.

O álbum conta com duas participações especiais, André Rod do Attomica na faixa título “Human Decay” e da lenda Dave Ingram (Benediction, ex-Bolt Thrower) em “Bloody Fire Victory”. E Sebastian Carsin gravou todos os solos de guitarra, também como convidado.

A arte de capa de “Human Decay” é assinada por Romulo Dias (Shaman, Edu Falaschi, Alírio Netto).

 

“O Human Decay representa a evolução natural do Crucifixion BR e estou muito feliz com isso”, declara o vocalista e guitarrista Maxx Guterres. “Mantivemos as raízes intactas e continuamos abordando a brutalidade desse estilo de música, mas há, de fato, uma evolução tanto musical quanto em termos de letras. Esse é um disco mais forte, mais brutal, com mais elementos do death metal, mas ainda com a presença do black metal em alguns aspectos. O Crucifixion BR está indo por um caminho mais técnico e inteligente, acho que a música está mais criativa, assim como as letras. O Destroying… tem muita coisa antiga, da raiz, tem músicas de demos e músicas novas da época, já no Human Decay só duas músicas são antigas, “My Savior” e a “A Few Lies Of Your Whole Light”, coincidentemente são as que foram lançadas como singles e videoclipes. As letras do primeiro disco abordavam temas clássicos do black metal, como a crítica à hipocrisia da igreja católica, anti-cristianismo, um pouco também sobre crise existencial, falando da morte, enquanto que o Human Decay é uma evolução. Claro que a gente ainda mete o pau no cristianismo ou qualquer outro tipo de religião e fanatismo, mas também foca em acreditar em nós, nos nossos ideais, na nossa força interior e sem dogmas, sem religião, o que acaba por transmitir ao público uma mensagem de não desistir de seus objetivos e sonhos e tentar fazer o correto. Queremos evolução sempre e, musicalmente, nos tornarmos cada vez mais brutais.”

 

“Human Decay” foi lançado no Brasil em CD pela Shinigami Records no último dia 31 de Outubro, Halloween.

“Human Decay” também está disponível em todas as principais plataformas digitais.

Integrantes:

Maxx Guterres – Vocais/Guitarra

Juliana Novo – Bateria

 

Visite-nos: www.crucifixionbr.com 

https://linktr.ee/CrucifixionBR

Sobre:

CRUCIFIXION BR, fundada em 1996 na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, renovou o cenário local com a proposta de fazer um black metal criativo, mesclando influências do death metal e thrash metal, e evoluindo atualmente para o estilo ‘Blackened Death Metal’. O nome “CRUCIFIXION” foi inspirado numa música de mesmo nome do grupo SEPULTURA.

Em 2004, fixou residência em Porto Alegre, construindo desde então uma vasta experiência de apresentações ao vivo pela região Sul do Brasil, incluindo vários festivais, e inclusive abrindo para o KRISIUN em seu último show da ASSASSINATION Tour de 2007. No fim de 2011, fizeram a abertura para os suecos do DARK FUNERAL, juntamente com os irlandeses do GAMA BOMB em um show da turnê sulamericana Satanic War Tour. Em 2016 a banda se muda para São Paulo.

Contam com uma demo ao vivo de 2000 chamada Live Possession, e duas demos de estúdio gravadas em 2002, chamadas Diabolical Profecies e In The Shadows Of The Obscurity, tendo a participação do baixista sueco Jan Felipe Queiroz vulgo Den Röd Med Horn (ex-integrante da MZ.412 da Suécia), trabalhos que receberam boas críticas das revistas da época, e ainda em 2002 participaram da coletânea Metal Crusader da Rádio Muda de Campinas/SP.

Em 2011, lançaram o EP “War Against Christian Souls” pelo selo Satanica Productions da Nova Zelândia. Este EP contém três faixas do primeiro álbum. O EP obteve ótimas críticas a nível nacional e mundial e foi tocado em rádios de várias partes do mundo, sendo banda destaque no programa ‘Demons Of Dark World’ da Radio Revolta da Polônia. Graças ao EP tocaram ao vivo no programa de TV Radar da TVE/RS.

Em 2014, lançaram o clipe oficial da faixa “Eternal Judgement”, feito por Square Design Studio. No mesmo ano lançaram pelo selo americano Horror Pain Gore Death Prods o primeiro álbum “Destroying The Fucking Disciples Of Christ”. No início de 2015 foi lançada a versão nacional do álbum pela Shinigami Records, e em 2016 o selo holandês Serpente’s Eye Recs lançou a versão em fita cassete. Gravado e mixado no Estúdio Hurricane, produzido por Maxx Guterres e Sebastian Carsin, o álbum mostra CRUCIFIXION BR já evoluída e mantendo-se em prol da Obscura Arte. 

Tracks do álbum estão em compilações de todo o mundo dentre elas “Extreme Metal Mu-Sick” por Extreminal Zine da Turquia (junto com Master e outras), “Most Unholy Convergence II”, por Satanica Prods (Nova Zelândia), Upcoming Hell #8 por Hell Divine Magazine e na coletânea da Sick Drummer Magazine dos EUA. A baterista Juliana, finalista por duas vezes no concurso mundial Hit Like A Girl, está na edição nro. 28 da revista como a primeira mulher a ser entrevistada nesta revista de bateras extremos. E com a divulgação do debut, foram entrevistados na Decibel Magazine, na Roadie Crew e nas principais rádios FM de São Paulo: na Kiss FM por Vitão Bonesso, e na 89 FM por Andreas Kisser (SEPULTURA). Também foram entrevistados no Heavy Nation da rádio UOL por Júlio Feriato, no programa Trinca Dus Inferno por Luis Louzada (VULCANO) e no Metal BR por André & Marcos Thrasher.

Sempre expandindo os horizontes de sua arte, em outubro/novembro de 2015 realizaram a primeira turnê européia ‘Devastation Tour’ tocando com bandas como Besatt e Fleshless, obtendo ótima receptividade do público em países como Polônia, Bélgica, Alemanha, Holanda e Irlanda. Ainda foram entrevistados durante o Opole Metal Festival por uma rádio polonesa.

Em 2017, participaram do Tributo ao Motörhead ‘Going To Brazil’, lançado pela gravadora inglesa Secret Service Recs com a música Bomber, que saiu num clipe em HQ.  E em 2018 foi lançado o primeiro lyric video ‘Destroying The Fucking Disciples Of Christ’. 

Em 2020, terminaram as gravações e mixagens do novo álbum “Human Decay” no Hurricane Studio em Porto Alegre/RS, o qual foi lançado em 31 de outubro de 2021 devido ao COVID-19. Este novo álbum reúne os convidados especiais André Rod do ATTOMICA e Dave Ingram do BENEDICTION. Ainda em 2020 a banda participou do quinto Roadie Crew Online Festival em agosto, junto com Attomica, Stress, Mutilator, entre outras, e aproveitou o ano para lançar o videoclipe para “A Few Lies Of Your Whole Light”, música do “Human Decay, e em 2021 lançaram o clipe “My Savior”, também do novo álbum. 

 

 

A banda Crucifixion BR está no mapa da Expedição, no estado de São Paulo.

1 thought on “Crucifixion BR e o álbum ‘Human Decay’

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: