A alquimia sonora de Fizeram a Elza em ‘Hecatombe’

A alquimia sonora de Fizeram a Elza em ‘Hecatombe’

A alquimia sonora de Fizeram a Elza em ‘Hecatombe’. A alquimia sonora e o baque de “Hecatombe”, primeiro EP da banda Fizeram a Elza. Grupo musical caiçara que bebe da rica fonte rítmica e musical brasileira, apresenta alquimia sonora em seu primeiro EP de 5 faixas. Ouça,  e não vai se arrepender.

Por: Elizabeth Del Nero          Fonte: Assessoria de comunicação

 

São Paulo, 28 de Julho de 2022 – A banda Fizeram a Elza começou suas atividades em 2019, tendo como influência de diversos grupos de ritmos nordestinos e africanos. Os integrantes são jovens que fazem parte da cena cultural de Santos, seja consumindo ou participando de diversos projetos.

“A ideia é promover a cultura popular e a ancestralidade misturando com elementos do universo pop, como o Rock e o Eletrônico”, explica Gil Oliveira, guitarrista do projeto.

Com a pausa forçada pela pandemia, os integrantes aproveitaram o tempo para compor novas letras, maturar ideias e aprimorar o trabalho já iniciado. Do processo, nasceram as 5 músicas do EP “Hecatombe”, que demonstram a pluralidade sonora do sexteto.

“Cada música aborda um ritmo e temática diferente, trazendo de forma poética, temas contundentes como a saga dos imigrantes, a desigualdade social e seus efeitos no indivíduo”, comenta Barbara Felix Dias, vocalista da banda.

 

A sonoridade do EP marca a identidade e originalidade da banda incansavelmente buscada nas diversidades de seus integrantes, ritmos e elementos sonoros. O trabalho conta com a participação dos artistas pernambucanos Ortinho e Zé Brown (do Faces do Subúrbio).

O trabalho começa com “Carnaval”, primeiro single lançado pela banda na época da festa de momo, a faixa tem uma vibe festiva com peso nos elementos percussivos. O EP segue com “Hecatombe”, música de trabalho que dá nome ao EP, com sua temática influenciada pelos conflitos na Síria. A parte sonora tem influência das nações de maracatu de Recife, escola que formou o percussionista Deivson Santana que conheceu o Gil no grupo de maracatu Santista, Quiloa e tem participação do rapper pernambucano Zé Brown. “Jardineiro” é uma canção sobre amizade verdadeira e tem participação do cantor caruaruense Ortinho. “Paisagens da cidade” foi o segundo single da banda e fala sobre desigualdade social, com pitadas de reggae e música nordestina. O EP fecha com “Samba da Inércia”, um samba bem marcado, com mistura de bossa jazz e rock nos elementos além do corpo percussivo.

Numa espécie de alquimia sonora com elementos da cultura tradicional popular brasileira com a contemporaneidade pop e rock, o resultado é uma poção feita de diversidade, retratando várias versões sonoras do Brasil.

“Nesse elixir musical que celebra o Brasil, que sempre cantou para os males espantar, é preciso entoar e espantar problemas como o racismo estrutural, a homofobia alarmante, a violência contra a mulher, as violências às diferenças, etc. Para lidar com esse conhecido quadro, seguimos os rituais de nossos ancestrais. Carnavalizemos!”, comenta Breno Ayres.

“É um trabalho de celebração, que adentra paisagens difíceis, em que o diferente pode ser alvo de hecatombes, a vida alvo de inércias, a música é um remédio possível para não padecermos de vez, é o cultivo de nossos jardins”, complementa Ney Paiva, baterista.

 

Ouça o EP, sem se esquecer de olhar para as belezas dos jardins, no seu streaming preferido, clicando aqui.

Ficha técnica 

Produção: Gustavo Souza e Gil Oliveira 

Vocais: Bárbara Dias e Breno Ayres 

Baixo: Breno Ayres 

Guitarra, Violões e Cavaquinho: Gil Oliveira 

Bateria: Gustavo Souza 

Percussões: Deivison Santana e Guilherme Zupo 

Trompete: Cássio Peixoto 

Trombone: Tulio Mendes 

Saxofone e Pífano: Vinicius Oliveira 

Piano: Renato Spinosa

Samples e Instrumentos Virtuais: Gustavo Souza 

Participações especiais: Ortinho (Jardineiro), Zé Brown (Hecatombe), Simone Sou (pandeiros em Jardineiro)

Gravado no Estúdio Orange 

Edição: João Oliveira, Felipe Vassão e Gil Oliveira 

Mixagem e Masterização: Estevan Sinkovitz

Fizeram a Elza está no Mapa da Expedição.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
%d blogueiros gostam disto: